Fecha Os Olhos e Escreve #65

large1

Existe uma vela. Uma vela de cera mágica, e pavio de fantasia, com chamas de historiadores léguas distantes de nós, no tempo e no espaço. Existe uma velha, com verrugas de meter medo, sorriso sem vê-lo.
Existe uma vela. Ela conta contos que mais ninguém consegue contar. Faz crianças sonhar! Existe uma velha. Ela anda com sua coruja de companhia, e esconde-se do mundo no alto da montanha mais assustadora. Existe uma vela – mas se existe, eu não sei – que é capaz de pôr o homem com menos sorrisos em sua vida, chorar de sorrir.
Existe esta vela. Exista esta velha. Uma velha nos seus duzentos anos, que fabrica velas à quinhentos. Misturando cera de dia, enchendo os compartimentos de noite. E assim vive seus dias, escondida do céu e da gente. Esta vela existe – mas não sigam minhas palavras como certas, pois nenhuma velha vi, mas uma vela tenho. Não pensem que uma velha bruxa fabricaria velas tão belas, e é por esse motivo que não acredito em lendas tais. Pois quem, que no seu sangue corre líquido ardendo por malvadez, faria tal vela que só seria capaz de provocar o bem?

Nem todo o que tem sangue mau a correr em suas veias, é capaz do mal que lhe foi incutido a fazer. Antes de julgares as velas por sua velha; julga a velha por suas velas.

signature2

Anúncios

Deixa uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s