Fecha os Olhos e Escreve #58

large7

O sol brilha, como a estrela ardente que é. Cega-nos a vista, luta contra o espaço para aquecer-nos, sem saber que o faz. É como alguém que oferece sua vida aos outros, com seu oxigénio se transformando em dióxido de carbono para salvar nossa pele com suas mãos quentes e abraços calorosos. Nem sabe, por vezes, o bom que faz ao mundo, com seus sorrisos largos, mas continua fazendo-o. Não por receber de volta, mas por querer fazê-lo por nós. Agradeço-te Sol, agradeço-te por dar-nos vida, por manter a Terra a uma certa temperatura que nos favoreça à existência. Sem ti, nada éramos. Sem ti, nem aqui estaria. Por isso, enquanto o Sol brilha, eu sorrio-lhe. Há quem tenha um Deus, eu tenho os astros. Tenho a Lua que adorna minhas noites, e o Sol que vida trouxe. Tenho as estrelas que guiam-me e a Terra que é meu lar. Tenho Vénus que é a representação da pessoa que mais sinto falta, a primeira estrela da noite, e última a desaparecer na manhã. Tenho tudo isto, e estou-lhes grata.

signature2

Anúncios

Deixa uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s