Fecha os Olhos e Escreve #41

large3

O lápis desenha o que a mente sonha, em linhas rabiscadas no papel de rascunho. Forma um sol, forma um lua; forma uma flor, forma uma tempestade – o que lá está representado é mera apreciação abstracta do que poderia ser o pensamento na mente do artista que o fez. O que para ti parece uma simples paisagem, pode ser uma tradução da tristeza do autor da obra. O que para ti parece uma complicada apresentação de raiva e libertação de energia negativa, é simplesmente uma tempestade que o artista achou bela demais para não mantê-la na tela. Não julgues tudo ser o que achas ser, porque o que achas em nada se compara ao que é na realidade. Nem tudo é o que aparenta ser. Nem tudo é o que pensas ser o contrário do que queres. Tudo é relativo. Até a arte. 

signature

Anúncios

Deixa uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s