Introvertidos e Extrovertidos

Gosto de ver TED Talks, que consistem em vídeos de 10-20 minutos sobre assuntos gerais sobre os quais – acho eu – deviamos estar a par dos acontecimentos. Um que tocou-me foi o sobre o poder dos introvertidos. Sendo eu mais uma introvertida para a lista, vou passar a minha opinião. Não deviamos julgar as pessoas por serem introvertidos e preferirem estar sozinhos umas vezes, ou por serem extrovertidos e demasiado entusiasmados. Cresci introvertida, sempre fui assim. Lembro-me de ter 10 anos, passar 5 dias com amigos e ao fim do 4 dia já estava desejando uma tarde sozinha a dançar no meu quarto, sozinha, ou a ler, sozinha. Porém, perdi amigos porque aparentemente era estranho uma pessoa não querer estar 24/7 com os seus amigos e familiares e conhecidos e mundo. Ouvi adultos dizendo “muda” e vi torções de nariz quando eu dizia que adorava estar sozinha a ler. E a minha maneira de responder a isso foi pegando nos meus livros e mp3, sentar-me à beira do cais, observando as ondas do mar perante mim – enquanto todos os que conhecia faziam sentir que ser introvertido era…ser diferente. Era pior que ser má pessoa – era considerado SER má pessoa. Agora, digam-me: isto está certo? Claro que não, respondo por você. Honestidade na mesa: e se eu dissesse que muitos dos grandes artistas ou pessoas importantes são considerados introvertidos? Seria díficil acreditarem que essa sua personalidade deu-lhes capacidades para superar expectativas e ser…quem são.

Para mim, a discussão introvertido e extrovertido, é igual ao canhoto/dextro. Eu, desde que sou gente – como diz o povo – que sou canhota, esquerdinha, o que quiserem determinar. É igual à discussão “louras vs morenas” – vocês sabem qual é, a das louras são burras? Felizmente, essa está morrendo e também a outra de qual mão usamos mais. Então porque continuar a rebaixar introvertidos, fazendo-os sentir como aliénidgenas em comparação com outros? Não percebo, simplesmente, não percebo.

Se ao menos soubessem que muitos desses extrovertidos são forçados a tal… mas infelizmente, as pessoas parecem ter algo a tapar os olhos. Nem todos somos iguais, nem o temos de ser. Não existe pessoa perfeita, personalidade perfeita a atingir. Apenas personalidades variadas. Cada um tem a sua, tal como impressões digitais.

Se nunca viram o vídeo… vejam. É mesmo de abrir os olhos! Aconselho a todos – introvertidos, extrovertidos e “ambivertidos” que é o intermédio. Se virem o vídeo, vão perceber que ninguém é 100% introvertido ou 100% extrovertido, e ainda bem. São as diferenças que demonstram o quão únicos somos.

– Elizabete Reis ❤

Anúncios

Deixa uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s