Diário de Escrita #14

Podem soar as campainhas, cheguei a quase metade da edição do livro! Nem acredito! Perdi-me na minha escrita hoje que houve muitas páginas que não alterei uma ideia que fosse. Sabem quando lêem um livro pela segunda vez ou vêem o filme de um livro que leram antes? É essa sensação, só que posso alterar o que quiser, e não fico condicionada a “gostar” do que o autor gostou – eu é que sou a autora neste caso! Muitos pontos de exclamação?! Tomem mais uns, talvez descreva a minha situação corrente!!!! (…)!!

Pois bem, é nesta altura que acho que não presto para nada, qualquer escritor passou por isso – aquele limite em que tudo parece lixo e só apetece queimar ou apagar o ficheiro. Ou ambos. Mas não, após três anos, estou quase quase a puder dizer “TENHO UM LIVRO COMPLETO!”. Após 6 anos de dedicação a escrita por corpo e alma (após uma tentativa falhada 10 anos atrás de querer ser com Alice Vieira) e milhares de histórias, posso finalmente dizer “acabei”.

Espero que corra bem esta segunda parte. Tenho pouco tempo, mas todo o tempo é aproveitado!

– Elizabete Reis, e só mais uns pontos de exclamação !!!! 

Anúncios

Deixa uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s